Como actuava a polícia política
Isolado durante dias e dias, sem comunicar com ninguém, excepto
o carcereiro nas horas em que as refeições eram distribuídas (…), o preso
não podia fumar, nem receber jornais ou livros, correspondência ou visitas.
(…)
Quando era posto, finalmente, nas salas de interrogatório (…) era
submetido à posição de estátua durante longas horas. Havia a estátua
simples e a estátua tipo Cristo – de pé, voltado para a parede, sem a tocar
e de braços estendidos. O inchaço dos pés, as dores por todo o corpo,
o peso da cabeça como se fosse estoirar, não tardavam. Quando o preso
se deixava cair, os pontapés atingiam-no em todas as partes do corpo.

«Dossier PIDE», in A. H. de Oliveira Marques, História de Portugal, vol. III

 

• Identifica dois tipos de tortura a que eram sujeitos os presos.
• Indica quem torturava os presos.
• Dá um novo título ao documento.
• Dá a tua opinião sobre a actuação da PIDE.

Advertisements